Programação: curta o Carnaval em Ribeirão

O Varal Diverso preparou uma seleção de eventos para quem gosta de carnaval e também para os que querem fugir dele. Mesmo sem grandes eventos carnavalescos, Ribeirão Preto terá matinês, bloco e shows com artistas da cidade.

Eliana Pittman Sesc Carnaval 2014Sexta-feira (28/02)
Sesc Ribeirão Preto preparou um baile exclusivo para o pessoal da terceira idade, para relembrar os velhos tempos com inesquecíveis marchinhas. O baile de Carnaval contará com animação da cantora Eliana Pittman. O baile começa às 17h, no Galpão de Eventos, e é gratuito. O Sesc fica na rua Tibiriçá, 50 (Centro). Mais informações pelo telefone: 3977-4477.

A folia continua com a apresentação do grupo Tamanco Malandro, no Open Mall do Shopping Iguatemi. O show faz parte do projeto Sound Open Air, e contará com repertório dedicado ao Carnaval. A partir das 19h, com entrada gratuita. O Shopping Iguatemi fica na av. Luiz Eduardo de Toledo Prado, 900 (Vila do Golfe).

Salz Carnaval Samba MisturaNo Salz, o grupo Samba Mistura comanda a folia durante todo o Carnaval. A entrada custa R$ 20 e as mesas podem ser reservadas pelo telefone (16) 3442-9242. O Salz Bar fica na rotatória da avenida Itatiaia, 1.415 (Jardim Sumaré), e o bar abre às 18h.

Também no mesmo período, de 28/02 a 04/03, a Casa do Dedé festeja o Carnaval dos carnavais, com música ao vivo todos os dias, além da participação da Batezão, a bateria da USP, sempre às 22h. A mesa é comercializada (em vários valores) pelos telefones: (16) 99354-4149 / 99609-8160 / 99331-3568 / 99150-3465 / 3621.9430. A Casa do Dedé fica na rua Maestro Villa Lobos, 314, no Jardim São Luiz.

Sábado (01/03)
No sábado (1º), o Sesc realiza uma matinê com a banda Dr. Ostrócio, embalada com muito confete e serpentina e com direito a fantasia e muito samba, às 16h, no Galpão, entradas a R$ 4.

Bloco da Vila 2014Mais tarde, o Bloco da Vila sai pelo segundo ano seguido nas ruas da Vila Tibério. Com o tema “A Vila não quer abafar ninguém, só quer mostrar que ‘traz’ samba também”, a folia está marcada para começar às 16h (concentração), na praça José Mortari (cruzamento das ruas Martinico Prado com Rodrigues Alves). Depois o bloco segue pelas ruas com um trio elétrico, voltando novamente para a praça, fechando a festa com bateria e passistas de escolas de samba da cidade. E, para quem puder, bloco está vendendo camisetas por R$ 20, para ajudar nas despesas. Mais informações na página do evento, no Facebook.

Domingo (02/03)
No domingo, quem esquenta os tambores é o Maracatu Chapéu de Sol, também na Vila Tibério. O encontro está marcado para às 18h, no cruzamento das ruas Santos Dumont com Rodrigues Alves.

Segunda-feira (03/03)
Na segunda-feira, a partir das 22h30, a Fábrica de Extintores reúne músicos e cantores da cidade, entre eles Alessandra Ramos, Fabiana Sberni, Mariana Sampaio, Bella de Castilho, Fabrício de Jesus, João Roberto, Jorge Nascimento, Alexandre Peres, Ricardo Peres e convidados. A entrada custa R$ 10 até às 0h e, após esse horário, sobe para R$ 15. A Fábrica de Exintores fica na rua Flávio Uchôa 2.151, nos Campos Elíseos. (Atenção: se chover, o evento será cancelado!)

Carnaval para os pequenos
O Novo Shopping realiza a 13ª edição do Carna Shopping, na Praça de Eventos. As matinês acontecem de 1 a 4 de março, das 16h às 19h, para crianças de até 12 anos. Os pequenos foliões ganham pintura facial e os cem primeiros participantes de cada dia recebem kits de Carnaval com confetes, serpentinas e máscaras. Monitores fazem o acompanhamento durante a folia, que será embalada por DJs tocando marchinhas, músicas infantis e hits do momento. O Novo Shopping fica na av. Presidente Kennedy, 1.500, na Ribeirânea.

Carna Novo Shopping 2014

Anúncios

3ª edição do St. Patrick’s Day acontece em Ribeirão em março

Com nova comissão organizadora, evento tenta se redimir da
catástrofe do ano passado em novo formato no dia 22 de março.
Nova cervejaria de Ribeirão Preto também será lançada.

St Patricks 2014A má fama conquistada pelo evento do ano passado serviu de alavanca para os novos organizadores do encontro cervejeiro. Este ano, o St. Patrick’s Day acontece dia 22 de março, no interior do Estádio Palma Travassos (Comercial FC), e ganhará o formato de feira, com expositores, área de alimentação e shows musicais.

A empresa Academia de Ideias Cervejeiras, responsável pela segunda edição, em 2013, já não está mais à frente do evento, que passou para as mãos da empresa Seu Melhor Momento, conhecida pela organização de shows e grandes festas em Ribeirão Preto.

Davi Rodrigues, sócio proprietário da empresa, conta que esta é uma oportunidade de redenção. “Vamos oferecer aquilo que o público espera, com a proposta de ser um evento simples, mas muito bem organizado. Antes, o foco era apenas a venda da cerveja, mas dessa vez falaremos de cerveja como fator cultural, econômico, como deve ser”.

A grande reclamação em relação ao ano passado foi a respeito da desorganização, filas intermináveis e pouca estrutura para atender aos visitantes (mais de 5 mil até então confirmados pelo Facebook).

Edição de 2013 do St. Patrick's Day foi marcada pelas longas filas (Foto: Divulgação/Academia de Ideias Cervejeiras)

Edição de 2013 do St. Patrick’s Day foi marcada pelas longas filas (Foto: Divulgação/Academia de Ideias Cervejeiras)

Nova estrutura e atrações
O St. Patrick’s Day contará com estrutura de banheiros químicos, palcos e um bar linear de mais de 100 metros. Além disso, a parceria com o MGB Studio irá apresentar show das bandas ribeirão-pretanas Chavala Talhada, Vertigo (U2 Cover), Sol de Papel, Rockamama, The Strokes Cover RP e a paulistana Taberna Folk, de música celta. A dj Priscila Hanzi também deve marcar presença com um set de rock’n’roll.

Entre as cervejarias participantes, já estão confirmadas a Colorado, Invicta e Lund, além da novata Walfänger, que terá seu lançamento oficial na cidade. “Nossa prioridade é dar foco às cervejarias de Ribeirão para valorizar nosso produto que é de excelente qualidade”, disse Davi.

Na área de alimentação, restaurantes de comida tradicional irlandesa, vegetariana e fast-food deverão atender ao público com maior comodidade. Os portões serão abertos ao meio-dia, as bandas começarão os show às 14h e o evento se estenderá até a meia-noite. E para garantir a qualidade e organização do evento, a portaria também já não será livre: o valor vai ser de R$ 30.

Os ingressos podem ser comprados com antecedência pelo site NETtickets, além de vários empórios e bares da cidade.

Mas por que verde?
Atualmente, a comemoração de São Patrício — padroeiro da Irlanda — é a maior festa irlandesa no Brasil. Apesar de ser comemorado dia 17 de março nos países de língua inglesa, a tradição ganhou força por aqui pela relação com a cerveja, altamente consumida nesses países.

Com o passar dos anos, a cor verde passou a ser tradicional nas comemorações de São Patrício. Trevos verdes eram usados por São Patrício para explicar a Santíssima Trindade aos pagãos celtas.

St PatricksDay Parade

SERVIÇO
St. Patrick’s Day
22 de março, a partir das 12h
Estádio Palma Travassos (Comercial FC)
Av. Dr. Plínio de Castro Prado, 1.000
Entrada: R$ 30

Texto: Francine Micheli
Edição: Paulo Gallo

João Rock lança line-up de 2014

A organização do João Rock lançou na manhã desta quinta-feira (20) a programação oficial da 13ª edição do evento, que acontece em Ribeirão Preto no dia 31 de maio, no Parque Permanente de Exposições. Estão sendo esperadas 12 grandes atrações: Nando Reis, Jorge Ben Jor, Zé Ramalho, Os Paralamas do Sucesso, CPM 22, Nação Zumbi e O Rappa se revezam em dois palcos, sem intervalos. No Palco Universitário, se apresentam paralelamente Raimundos, Vanguart, Ponto de EquilíbrioNem Liminha Ouviu e Vespas Mandarinas.

(Foto: Divulgação)

Jorge Ben Jor se apresentará no João Rock pela terceira vez (Foto: Divulgação)

Conversamos com Luit Marques, organizador do evento, e ele afirmou que melhorias estão sendo feitas na estrutura para melhorar a acomodação de um público estimado em 30 mil pessoas: aumento e recuo dos camarotes em 20 metros e ampliação da praça de alimentação com capacidade para atender mais gente com mais comodidade. Empresas, lanchonetes e restaurantes tradicionais de Ribeirão Preto deverão ser contratados pela organização do festival para possíveis parcerias.

Questionado sobre a repetição de atrações como O Rappa e CPM 22, que vêm ao festival pela 8ª e 6ª vez, respectivamente (confira o infográfico a seguir), a organização é enfática. “Entendemos e respeitamos as críticas em relação à programação. Mas o João Rock tem a sua coluna principal no rock nacional; então, somos o reflexo do que está em evidência. Temos uma linha de programação à qual somos muito fiéis e queremos seguir esse DNA. Ele vai se repetir em seu formato e isso, em vez de ser um problema, é uma questão de orgulho para nós”, afirma Luit.

(Infográfico: Varal Diverso)

As bandas O Rappa e CPM 22 são as recordistas de partipações no João Rock (Infográfico: Varal Diverso)

Estão confirmados também espaços para a apresentação e prática de esportes como bungee jumping, skate, motocross e outros. Pela terceira vez consecutiva, o festival será transmitido ao vivo pelo canal e site do Multishow.

JoaoRock_04

(Foto: Paulo Gallo/Varal Diverso)

Em 2013, o João Rock teve 100% dos ingressos vendidos e metade do público veio de fora da cidade. “As repúblicas se tornam as acomodações oficiais desse pessoal. É uma grande festa de amizade e convivência e o João Rock já entrou para o calendário dos jovens brasileiros”, disse Luit.

Preços
Os convites, que no ano passado se esgotaram a três dias do evento, já estão à venda pelo site www.joaorock.com.brAs opções são:

  • Pista: R$ 50 (meia) / R$ 100 (inteira)
  • Pista Solidária: R$ 60 (+ 1 kg de alimento)
  • Pista Premium (espaço reservado mais próximo aos palcos principais): R$ 160
  • Camarote João Rock: R$ 130
  • Camarote Open Bar: R$ 280

Texto: Francine Micheli
Edição: Paulo Gallo

Lançamento da 3ª RPHQ já tem data e pode ser a última da série

A terceira edição da revista de quadrinhos dedicada a Ribeirão Preto
chega com um time de 42 artistas e superando as expectativas
dos próprios organizadores que planejam encerrar o projeto

O que era para ser somente um projeto despretensioso entre amigos de profissão acabou se tornando uma das maiores representações artísticas em homenagem a nossa terra do café. A Ribeirão Preto em Quadrinhos chegou a sua terceira edição mais rechonchuda, com um total de 42 profissionais, entre ilustradores, coloristas, designers e roteiristas.

Segundo Cordeiro de Sá, organizador da revista, a RPHQ foi uma grande surpresa que deu certo. Como o início foi marcado pela vontade despretensiosa de unir colegas talentosos dos quadrinhos, houve um certo espanto quando outros artistas começaram a pipocar pelo e-mail e Facebook querendo participar dos próximos.

Ilustrações de Cordeiro de Sá, na primeira edição da RPHQ, de 2011

Ilustrações de Cordeiro de Sá, na primeira edição da RPHQ, de 2011

“Cada revista tem suas peculiaridades e todas as histórias foram compostas em equipe”, diz Sá. “Os quadrinhos da banca estão melhorando muito. Antes, a gente via só mangá, mas hoje temos até o Maurício de Sousa fazendo graphic novel, o que é muito legal. Além disso, a internet deixou tudo mais exposto e acessível, o que atraiu um público que até então desconhecia o quadrinho”.

A medida da boa aceitação e da qualidade da RPHQ foi medida com a indicação das duas últimas edições ao HQ Mix, o mais importante prêmio brasileiro para o segmento. O evento é organizado anualmente pela Associação dos Cartunistas do Brasil (ACB) e pelo Instituto Memorial de Artes Gráficas do Brasil (Imag), com apoio do Sesc Pompeia.

Ilustração de Renato Andrade, na primeira edição da RPHQ, de 2011

Ilustração de Renato Andrade, na primeira edição da RPHQ, de 2011

A primeira vez

Essa edição da RPHQ vai contar com 19 novos artistas que não haviam participado das publicações anteriores. Entre eles, está o músico Márcio Coelho — que teve uma de suas músicas transformadas em quadrinhos —, o publicitário Sérgio Garrido e Nicolas Mendes, animador que vem se dedicando à ilustração e pintura digital. “Meu trabalho para a RPHQ é sobre a avenida Independência. E o personagem principal, claro, é o dinossauro verde da loja de churrasqueiras”.

O fim da trilogia

Apesar do sucesso alcançado pela publicação ribeirão-pretana, a organização planeja parar com o projeto. “2014 vai ser um ano muito conturbado com Copa do Mundo e eleições. A mídia vai estar totalmente voltada para esse assunto e, como dependemos dessa divulgação espontânea, creio que não vamos ter muito espaço”.

Ilustração de Ubirajara Júnior, na segunda edição da RPHQ, de 2012

Ilustração de Ubirajara Júnior, na segunda edição da RPHQ, de 2012

Além disso, há a preocupação com o esgotamento da revista. Sá explica que existem outros projetos no caminho e que é melhor parar enquanto existe a expectativa. “Realmente, não penso em ter uma quarta edição e acho que temos que ter cuidado quando o time está ganhando. Nossos feedbacks foram super positivos até então, mas temos que ter o bom senso com o exagero e o esgotamento do projeto. Muitas coisas estão acontecendo e quem sabe não é a vez delas?”.

Em 2013, Sá lançou, pelo selo RPHQ, a graphic novel “Malu, memórias de uma trans”, uma história com relatos reais baseados na vida de um amigo de infância. A publicação é considerado uma das pioneiras do gênero e foi lançada em São Paulo, Brasília, e foi muito bem recebida pela crítica.

As primeiras edições da RPHQ e a graphic novel “Malu, memórias de uma trans” estão disponíveis para visualização e download aqui!

Ilustração de Dud, com roteiro de Vinícius Souza, na segunda edição da RPHQ, de 2012

Ilustração de Dud, com roteiro de Vinícius Souza, na segunda edição da RPHQ, de 2012

Serviço
Ribeirão Preto em Quadrinhos 3
14 de março, às 19h
Livraria Cultura (Shopping Iguatemi)
Gratuito

Texto: Francine Micheli
Edição: Paulo Gallo
Fotos: Divulgação

Ribeirão pode ter “Viradas Culturais” independentes

“Se Vira Ribeirão” e “Virada Municipal” deverão acontecer paralelamente à “Virada Cultural Paulista”, em maio, mas ainda há troca de farpas entre as duas organizações

Pela terceira vez consecutiva, a “capital da cultura” ficou de fora da Virada Cultural Paulista e, numa tentativa de não deixar a população no prejuízo, é possível que tenhamos dois eventos semelhantes e paralelos à iniciativa estadual.

Como muitos já esperavam, a terceira edição do movimento Se Vira Ribeirão já está sendo organizada pelos articuladores. Já existem planos para mudança de local. Nos primeiros anos, o evento foi realizado em três grandes espaços do Centro: o parque Maurílio Biagi, o Mercadão Municipal e, principalmente, um complexo de palcos nas ruas José Bonifácio e Visconde do Rio Branco. Dessa vez, deve-se ocupar o Morro do São Bento, espaço onde aconteceu a última edição da Virada Cultural Paulista, e que esteve “fechado” devido às obras no Teatro de Arena.

Teatro de Arena recebeu a última edição da Virada Cultural Paulista, em 2011

Teatro de Arena recebeu a última edição da Virada Cultural Paulista, em 2011

Os artistas locais, bandas, entidades e civis que queiram participar já podem entrar em contato através da página do Se Vira no Facebook e participar das reuniões de articulação. “Nosso critério de escolha das atrações é a proximidade que o artista tem com o movimento”, disse Jonas Paschoalick, integrante da organização do Se Vira.

“Queremos expandir a ação, fazer com que o Se Vira seja um movimento cada vez mais político e não só cultural, gerando debates e encontros de discussão”, diz, demonstrando total insatisfação com a atuação da Secretaria da Cultura.

Jonas disse ao Varal Diverso que o Se Vira é uma resposta para uma situação insustentável que vai de cortes orçamentários e falta de interesse político em relação à cultura. “Fizemos um plano municipal de cultura há uns dois anos, enviamos e até agora não foi nem colocado em debate”.

No ano passado, o Se Vira foi realizado com R$ 21 mil, provindos do bolso dos próprios artistas participantes, parceiros e vendas de camisetas e canecas.

Primeira edição do Se Vira Ribeirão, em 2012, no Mercadão Municipal

Primeira edição do Se Vira Ribeirão, em 2012, no Mercadão Municipal

O outro lado

O secretário municipal da Cultura, Alessandro Maraca, contou que está indo para São Paulo entregar mais documentos e tentar a “última carta na manga” para trazer a Virada Cultural Paulista à Ribeirão. “Se não conseguirmos de fato, já está certo que iremos realizar uma Virada Municipal, aos moldes da Estadual, mas de forma independente”. O evento deverá acontecer nos dias 31 de maio e 1º de junho e contará com show de bandas nacionais, artistas locais, apresentações de teatro e sessões de cinema. Por enquanto, nenhum nome foi confirmado.

A respeito das críticas do Se Vira Ribeirão, Maraca contou que, no ano passado, foi oferecida uma ajuda financeira por parte da Prefeitura e que ela não foi aceita por conta dos atrasos no repasse aos pontos de cultura. “Mesmo assim, a Prefeitura interveio liberando a utilização dos palcos, uma forma de apoiar o evento. Eles (Se Vira) vivem criticando o poder público, mesmo quando estamos totalmente abertos ao diálogo e a parcerias”.

Sobre a ocupação do Morro do São Bento pelo Se Vira Ribeirão, o secretário diz: “Se respeitarem as normas de ocupação do espaço, o local é deles”.

Primeira edição do Se Vira Ribeirão, em 2012, no parque Maurílio Biagi

Primeira edição do Se Vira Ribeirão, em 2012, no parque Maurílio Biagi

Texto: Francine Micheli
Edição e fotos: Paulo Gallo

Feira do Livro abre inscrições para artistas locais

A cantora ribeirão-pretana Gabriela Francheck abriu o show para Gilberto Gil na Feira do Livro de 2013

A cantora ribeirão-pretana Gabriela Francheck abriu o show para Gilberto Gil na Feira do Livro de 2013. Foto: Paulo Gallo/Varal Diverso

A Fundação Feira do Livro de Ribeirão Preto recebe inscrições, até o dia 7 de março, para projetos de artistas locais de vários segmentos. A 14ª edição da Feira Nacional do Livro já tem data marcada e será realizada de 15 a 25 de maio. Serão selecionados 109 artistas e/ou espetáculos nas seguintes modalidades: dança, música, teatro e arte de rua.

Mas, fique atento: entre os critérios de seleção que devem agradar os jurados estão trabalhos autorais e ligados aos temas da 14ª Feira do Livro. Os candidatos devem residir em Ribeirão Preto há pelo menos dois anos. O valor distribuído entre os artistas selecionados será de R$ 80 mil.

Neste ano, a Feira do Livro vai homenagear o escritor gaúcho Mário Quintana, a autora infanto-juvenil Ana Maria Machado, o autor de educação Darcy Ribeiro, a autora local Ely Vieitez Lisboa e a África do Sul. O patrono da 14ª edição do evento será o empresário José Carlos Ferreira de Oliveira Filho.

Os trabalhos serão julgados por membros da Fundação, além de representantes da Secretaria da Educação e da Cultura e um profissional da área. O resultado será divulgado no dia 17 de março.

Clique aqui para ver o edital e preencher as fichas de inscrições.

A Fundação Feira do Livro fica na rua Mariana Junqueira, 33, no Centro. Mais informações pelo telefone (16) 3911-1050.

Saída dos blocos – Carnaval 2014

Sem os desfiles das escolas de samba na avenida Mogiana, após o anúncio do corte de R$ 1,2 mi por parte da Prefeitura, a programação do Carnaval 2014 em Ribeirão Preto ficará por conta do som das marchinhas dos blocos de rua. Prepare a fantasia, deixe o isopor com as geladas no jeito e não perca a folia!

Bloco Berro
BerroRegado a muito chope Colorado, o Bloco Berro — o mais antigo da cidade — sai do Cineclube Cauim (rua São Sebastião, 920), no sábado, dia 22/02, às 16h, homenageando a empresária Neiva Faccioli. O bloco segue em cortejo até o Templo da Cidadania (rua Conde Afonso Celso, 333), onde será servido uma canja para reabastecer as energias dos foliões. A participação é gratuita mas o bloco também oferece um kit especial para quem adquirir o abadá do Berro, que dá acesso à bebidas (chope Colorado, refrigerante, suco e água) durante o percurso. Os abadás estão à venda no Cauim, e custam R$ 60 (feminino) e R$ 80 (masculino), até 20/02. Depois o preço sobe para R$ 80 (feminino) e R$ 100 (masculino). Presenças confirmadas de Paulo César Pereio e Débora Duboc. Mais informações pelos telefones 3441-4341 ou 3443-1544.

Vila Folia RP
Depois de estrear o primeiro bloco em 2013, a Vila Tibério ganha mais um bloco para 2014: o Vila Folia RP, que sai pelas ruas do bairro no dia 22/02. O grupo Batucada Fina irá comandar a animação do bloco, que sairá às 17h, em frente ao Colégio Liceu Contemporâneo, na rua Paraíso, 369. Os foliões irão virar na rua Álvares de Azevedo seguindo pela Rodrigues Alves e depois pela Martinico Prado, chegando no cruzamento das ruas Epitácio Pessoa e Santos Dumont, onde acontecerá o encerramento.

Bloco da Vila 2013

Para ajudar com os custos da saída do bloco, o Vila Folia também está vendendo camisetas por R$ 25. Mais informações no Facebook.

Os Alegrões

Bloco Alegrões RP 2012

Depois de anos saindo pelas ruas do Jardim Irajá e pelo Centro de Ribeirão Preto, o bloco Os Alegrões pede a ajuda dos seus foliões. Sem nenhum apoio em 2014, o bloco lançou a campanha “Eu quero botar Os Alegrões na rua”Para colocar o bloco na rua, Os Alegrões abriram campanha pela internet para arrecadar R$ 7 mil com a colaboração do público, com o objetivo de bancar a estrutura de som, músicos, entre outros gastos. É possível doar quantias de R$ 10, R$ 20 e R$ 50 (assista o vídeo a seguir e entenda). Esse ano, o bloco Os Alegrões sairá apenas no domingo, dia 23/02, no Jardim Irajá, a partir das 15h, na praça Augusto Mazza (cruzamento das ruas Thomaz Nogueira Gaia com a rua Chile). E como já é tradição, após a saída do bloco, a festa seguirá com o Maracatu Chapéu de Sol. A campanha seguirá até o dia 15/03, não deixe de ajudar!

Bloco da VilaBloco da Vila
Mais próximo da folia, o Bloco da Vila sai pelo segundo ano seguido na Vila Tibério. O bloco tem saída marcada para o dia 1° de março, às 15h (concentração), na praça José Mortari (cruzamento das ruas Martinico Prado com Rodrigues Alves). Mais informações na página do evento, no Facebook.

Maracatu Chapéu de Sol
E a festa segue no Jardim Irajá! Além dos dois blocos, o bairro recebe o cortejo do Maracatu Chapéu de Sol, no domingo, 02/03. A concentração está marcada para às 18h, em frente ao Colégio Liceu Contemporâneo, na rua Paraíso, 369.

Maracatu Chapéu de Sol