Ribeirão recebe Nublu Jazz Festival pela terceira vez

Nublu Jazz Festival 2014A terceira edição do Nublu Jazz Festival começa nesta quarta-feira (26/03) em Ribeirão Preto, e segue até a sexta-feira (28). O evento, que é realizado paralelamente em São Paulo, traz grandes nomes internacionais do gênero para a “capital do agronegócio”. De quarta a sexta, o Sesc Ribeirão Preto será palco de encontros inéditos entre músicos brasileiros, estadunidenses e europeus.

Tamanha importância fez com os ingressos praticamente se esgotassem. Restam poucos e a dica é correr para garantir a chance de assistir os shows, nos três dias de evento. Os ingressos estão sendo vendidos na bilheteria do Sesc e pela internet.

O festival foi fundado em novembro de 2009, no pub Nublu (em Nova York), em uma maratona musical de duas semanas, com mais de 60 shows. No ano seguinte, o festival passou por Istambul e, no final de 2010, chegou a São Paulo.

Em Ribeirão Preto, os shows acontecerão no Galpão de Eventos do Sesc, sempre às 19h30, com dois shows por noite. Os ingressos para cada noite custam R$ 30 (inteira); R$ 15 (estudantes e usuários matriculados) e R$ 6 (comerciários). Não recomendado para menores de 16 anos. O Sesc fica na rua Tibiriçá, 50 (Centro). Mais informações pelo telefone: 3977-4477.

Confira a programação:

  • 26/03 (quarta-feira), às 19h30

Karriem Riggins & Dj Nuts
O baterista americano Karriem Riggins está na cena do jazz desde seus 16 anos e também é muito bem sucedido no mundo da produção musical, onde colaborou com vários artistas do hip hop, incluindo hip hop instrumental. O brasileiro dj Nuts participa da apresentação.

Karriem Riggins

Bugge ‘N Friends & Guizado
Considerado o artista de jazz mais inovador na Europa no momento, o norueguês Bugge Wesseltoft já tocou com músicos como Terje Rypdal e Jan Garbarek. Pianista, compositor e produtor, Bugge se apresenta no Brasil acompanhado do fundador e co-curador do festival, Ilhan Ersahin (saxofone), além de Erik Truffaz (trompete), Joe Clausell (pick ups e beats), Marius Reksjo (baixo), Andreas Bye (bateria) e Erik Holm (percussão). O trompetista paulistano Guizado é o convidado da noite, dando um toque único e brasileiro ao som de Bugge Wesselfoft.

Bugge Wesseltoft

  • 27/03 (quinta-feira), às 19h30

Kassin & Alberto Quinteto
Alexandre Kassin (multi-instrumentista e produtor) e Alberto Continentino (baixista) são duas talentosas atrações cariocas que carregam uma sonoridade tipicamente brasileira unida a harmonias contemporâneas. Composições próprias e improvisos formam o repertório da noite. Os dois serão acompanhados por Guillherme Monteiro (guitarra), Stephane San Juan (bateria) e Danilo Andrade (teclado).

Nerve & Jojo Mayer (partipação do MC Xis)
O suíço Jojo Mayer é considerado por muitos especialistas como o mágico da bateria. Sua banda, Nerve, mistura dj’s de drum ‘n’ bass ao seu estilo, provocando uma síntese surpreendente entre jazz e música eletrônica. O toque do hip hop fica por conta do MC brasileiro Xis, que faz uma participação especial no show.

Nerve

  • 28/03 (sexta-feira), às 19h30

Jason Moran and the BandwagonJason Moran & The Bandwagon
Jason Moran é um dos pianistas mais quentes do momento. Ele teve grande sucesso com os últimos lançamentos mundiais pela Blue Note. Não só um exímio pianista, Moran também é grande compositor e líder da banda The Bandwagon, com quem divide o palco.

The John Scofield Überjam Band
John Scofield dispensa apresentações como um dos maiores guitarristas de jazz do mundo, carregando nas costas o eterno título de aluno de Miles Davis. O projeto dele, Überjam, destaca o groove e a paixão pela pegada da música negra.

The john Scofield Uberjam Band

Anúncios

Programação: curta o Carnaval em Ribeirão

O Varal Diverso preparou uma seleção de eventos para quem gosta de carnaval e também para os que querem fugir dele. Mesmo sem grandes eventos carnavalescos, Ribeirão Preto terá matinês, bloco e shows com artistas da cidade.

Eliana Pittman Sesc Carnaval 2014Sexta-feira (28/02)
Sesc Ribeirão Preto preparou um baile exclusivo para o pessoal da terceira idade, para relembrar os velhos tempos com inesquecíveis marchinhas. O baile de Carnaval contará com animação da cantora Eliana Pittman. O baile começa às 17h, no Galpão de Eventos, e é gratuito. O Sesc fica na rua Tibiriçá, 50 (Centro). Mais informações pelo telefone: 3977-4477.

A folia continua com a apresentação do grupo Tamanco Malandro, no Open Mall do Shopping Iguatemi. O show faz parte do projeto Sound Open Air, e contará com repertório dedicado ao Carnaval. A partir das 19h, com entrada gratuita. O Shopping Iguatemi fica na av. Luiz Eduardo de Toledo Prado, 900 (Vila do Golfe).

Salz Carnaval Samba MisturaNo Salz, o grupo Samba Mistura comanda a folia durante todo o Carnaval. A entrada custa R$ 20 e as mesas podem ser reservadas pelo telefone (16) 3442-9242. O Salz Bar fica na rotatória da avenida Itatiaia, 1.415 (Jardim Sumaré), e o bar abre às 18h.

Também no mesmo período, de 28/02 a 04/03, a Casa do Dedé festeja o Carnaval dos carnavais, com música ao vivo todos os dias, além da participação da Batezão, a bateria da USP, sempre às 22h. A mesa é comercializada (em vários valores) pelos telefones: (16) 99354-4149 / 99609-8160 / 99331-3568 / 99150-3465 / 3621.9430. A Casa do Dedé fica na rua Maestro Villa Lobos, 314, no Jardim São Luiz.

Sábado (01/03)
No sábado (1º), o Sesc realiza uma matinê com a banda Dr. Ostrócio, embalada com muito confete e serpentina e com direito a fantasia e muito samba, às 16h, no Galpão, entradas a R$ 4.

Bloco da Vila 2014Mais tarde, o Bloco da Vila sai pelo segundo ano seguido nas ruas da Vila Tibério. Com o tema “A Vila não quer abafar ninguém, só quer mostrar que ‘traz’ samba também”, a folia está marcada para começar às 16h (concentração), na praça José Mortari (cruzamento das ruas Martinico Prado com Rodrigues Alves). Depois o bloco segue pelas ruas com um trio elétrico, voltando novamente para a praça, fechando a festa com bateria e passistas de escolas de samba da cidade. E, para quem puder, bloco está vendendo camisetas por R$ 20, para ajudar nas despesas. Mais informações na página do evento, no Facebook.

Domingo (02/03)
No domingo, quem esquenta os tambores é o Maracatu Chapéu de Sol, também na Vila Tibério. O encontro está marcado para às 18h, no cruzamento das ruas Santos Dumont com Rodrigues Alves.

Segunda-feira (03/03)
Na segunda-feira, a partir das 22h30, a Fábrica de Extintores reúne músicos e cantores da cidade, entre eles Alessandra Ramos, Fabiana Sberni, Mariana Sampaio, Bella de Castilho, Fabrício de Jesus, João Roberto, Jorge Nascimento, Alexandre Peres, Ricardo Peres e convidados. A entrada custa R$ 10 até às 0h e, após esse horário, sobe para R$ 15. A Fábrica de Exintores fica na rua Flávio Uchôa 2.151, nos Campos Elíseos. (Atenção: se chover, o evento será cancelado!)

Carnaval para os pequenos
O Novo Shopping realiza a 13ª edição do Carna Shopping, na Praça de Eventos. As matinês acontecem de 1 a 4 de março, das 16h às 19h, para crianças de até 12 anos. Os pequenos foliões ganham pintura facial e os cem primeiros participantes de cada dia recebem kits de Carnaval com confetes, serpentinas e máscaras. Monitores fazem o acompanhamento durante a folia, que será embalada por DJs tocando marchinhas, músicas infantis e hits do momento. O Novo Shopping fica na av. Presidente Kennedy, 1.500, na Ribeirânea.

Carna Novo Shopping 2014

João Rock lança line-up de 2014

A organização do João Rock lançou na manhã desta quinta-feira (20) a programação oficial da 13ª edição do evento, que acontece em Ribeirão Preto no dia 31 de maio, no Parque Permanente de Exposições. Estão sendo esperadas 12 grandes atrações: Nando Reis, Jorge Ben Jor, Zé Ramalho, Os Paralamas do Sucesso, CPM 22, Nação Zumbi e O Rappa se revezam em dois palcos, sem intervalos. No Palco Universitário, se apresentam paralelamente Raimundos, Vanguart, Ponto de EquilíbrioNem Liminha Ouviu e Vespas Mandarinas.

(Foto: Divulgação)

Jorge Ben Jor se apresentará no João Rock pela terceira vez (Foto: Divulgação)

Conversamos com Luit Marques, organizador do evento, e ele afirmou que melhorias estão sendo feitas na estrutura para melhorar a acomodação de um público estimado em 30 mil pessoas: aumento e recuo dos camarotes em 20 metros e ampliação da praça de alimentação com capacidade para atender mais gente com mais comodidade. Empresas, lanchonetes e restaurantes tradicionais de Ribeirão Preto deverão ser contratados pela organização do festival para possíveis parcerias.

Questionado sobre a repetição de atrações como O Rappa e CPM 22, que vêm ao festival pela 8ª e 6ª vez, respectivamente (confira o infográfico a seguir), a organização é enfática. “Entendemos e respeitamos as críticas em relação à programação. Mas o João Rock tem a sua coluna principal no rock nacional; então, somos o reflexo do que está em evidência. Temos uma linha de programação à qual somos muito fiéis e queremos seguir esse DNA. Ele vai se repetir em seu formato e isso, em vez de ser um problema, é uma questão de orgulho para nós”, afirma Luit.

(Infográfico: Varal Diverso)

As bandas O Rappa e CPM 22 são as recordistas de partipações no João Rock (Infográfico: Varal Diverso)

Estão confirmados também espaços para a apresentação e prática de esportes como bungee jumping, skate, motocross e outros. Pela terceira vez consecutiva, o festival será transmitido ao vivo pelo canal e site do Multishow.

JoaoRock_04

(Foto: Paulo Gallo/Varal Diverso)

Em 2013, o João Rock teve 100% dos ingressos vendidos e metade do público veio de fora da cidade. “As repúblicas se tornam as acomodações oficiais desse pessoal. É uma grande festa de amizade e convivência e o João Rock já entrou para o calendário dos jovens brasileiros”, disse Luit.

Preços
Os convites, que no ano passado se esgotaram a três dias do evento, já estão à venda pelo site www.joaorock.com.brAs opções são:

  • Pista: R$ 50 (meia) / R$ 100 (inteira)
  • Pista Solidária: R$ 60 (+ 1 kg de alimento)
  • Pista Premium (espaço reservado mais próximo aos palcos principais): R$ 160
  • Camarote João Rock: R$ 130
  • Camarote Open Bar: R$ 280

Texto: Francine Micheli
Edição: Paulo Gallo

Saída dos blocos – Carnaval 2014

Sem os desfiles das escolas de samba na avenida Mogiana, após o anúncio do corte de R$ 1,2 mi por parte da Prefeitura, a programação do Carnaval 2014 em Ribeirão Preto ficará por conta do som das marchinhas dos blocos de rua. Prepare a fantasia, deixe o isopor com as geladas no jeito e não perca a folia!

Bloco Berro
BerroRegado a muito chope Colorado, o Bloco Berro — o mais antigo da cidade — sai do Cineclube Cauim (rua São Sebastião, 920), no sábado, dia 22/02, às 16h, homenageando a empresária Neiva Faccioli. O bloco segue em cortejo até o Templo da Cidadania (rua Conde Afonso Celso, 333), onde será servido uma canja para reabastecer as energias dos foliões. A participação é gratuita mas o bloco também oferece um kit especial para quem adquirir o abadá do Berro, que dá acesso à bebidas (chope Colorado, refrigerante, suco e água) durante o percurso. Os abadás estão à venda no Cauim, e custam R$ 60 (feminino) e R$ 80 (masculino), até 20/02. Depois o preço sobe para R$ 80 (feminino) e R$ 100 (masculino). Presenças confirmadas de Paulo César Pereio e Débora Duboc. Mais informações pelos telefones 3441-4341 ou 3443-1544.

Vila Folia RP
Depois de estrear o primeiro bloco em 2013, a Vila Tibério ganha mais um bloco para 2014: o Vila Folia RP, que sai pelas ruas do bairro no dia 22/02. O grupo Batucada Fina irá comandar a animação do bloco, que sairá às 17h, em frente ao Colégio Liceu Contemporâneo, na rua Paraíso, 369. Os foliões irão virar na rua Álvares de Azevedo seguindo pela Rodrigues Alves e depois pela Martinico Prado, chegando no cruzamento das ruas Epitácio Pessoa e Santos Dumont, onde acontecerá o encerramento.

Bloco da Vila 2013

Para ajudar com os custos da saída do bloco, o Vila Folia também está vendendo camisetas por R$ 25. Mais informações no Facebook.

Os Alegrões

Bloco Alegrões RP 2012

Depois de anos saindo pelas ruas do Jardim Irajá e pelo Centro de Ribeirão Preto, o bloco Os Alegrões pede a ajuda dos seus foliões. Sem nenhum apoio em 2014, o bloco lançou a campanha “Eu quero botar Os Alegrões na rua”Para colocar o bloco na rua, Os Alegrões abriram campanha pela internet para arrecadar R$ 7 mil com a colaboração do público, com o objetivo de bancar a estrutura de som, músicos, entre outros gastos. É possível doar quantias de R$ 10, R$ 20 e R$ 50 (assista o vídeo a seguir e entenda). Esse ano, o bloco Os Alegrões sairá apenas no domingo, dia 23/02, no Jardim Irajá, a partir das 15h, na praça Augusto Mazza (cruzamento das ruas Thomaz Nogueira Gaia com a rua Chile). E como já é tradição, após a saída do bloco, a festa seguirá com o Maracatu Chapéu de Sol. A campanha seguirá até o dia 15/03, não deixe de ajudar!

Bloco da VilaBloco da Vila
Mais próximo da folia, o Bloco da Vila sai pelo segundo ano seguido na Vila Tibério. O bloco tem saída marcada para o dia 1° de março, às 15h (concentração), na praça José Mortari (cruzamento das ruas Martinico Prado com Rodrigues Alves). Mais informações na página do evento, no Facebook.

Maracatu Chapéu de Sol
E a festa segue no Jardim Irajá! Além dos dois blocos, o bairro recebe o cortejo do Maracatu Chapéu de Sol, no domingo, 02/03. A concentração está marcada para às 18h, em frente ao Colégio Liceu Contemporâneo, na rua Paraíso, 369.

Maracatu Chapéu de Sol

Teatro de Arena reabre em Ribeirão; conheça as curiosidades

Teatro de Arena 2

Depois de 1 ano e 8 meses fechado para reforma, o Teatro de Arena “Jayme Zeiger” volta a ativa e reabrirá para o público nos próximos dias 1º e 2 de fevereiro. A programação da reinauguração contempla vários artistas locais, como Play Vinil, Os Filhos de Noel, Malditos Insetos e Blues inSônia, no sábado (01/02), a partir das 16h. No domingo, quem sobe ao palco são as bandas Plunk, Sibéria, Necrofobia, Renegados e Abiosi, a partir das 15h. Para ter acesso ao evento é preciso levar 1 kg de alimento não perecível, que será doado ao Fundo Social de Solidariedade de Ribeirão Preto. O Teatro de Arena fica na praça Alto do São Bento, s/n, no Jardim Mosteiro.

Repaginado, um dos teatros mais bonitos de Ribeirão Preto recebeu novos banheiros, bilheterias, novo bar com área coberta, elevadores para transporte de equipamentos e acesso para Portadores de Necessidades Especiais (PNE). Os camarins — uma das principais queixas de artistas e produtores — também foram reestruturados. Para o desespero dos arquitetos de plantão, o fosso foi aterrado! O vão que ficava no centro do teatro não existe mais, embora ele não recebesse uma gota d’água há anos.

História
Palco de espetáculos memoráveis, o Teatro de Arena “Jayme Zeiger” recebeu o nome do engenheiro que o projetou e construiu. Zeiger foi buscar referências na Europa e Oriente Médio para projetar um dos mais belos espaços da cidade. Nascido na Polônia, Jaime Zeiger chegou a Ribeirão Preto na década de 1950 e atuava na cidade como arquiteto, engenheiro civil, jornalista e professor, e foi responsável por colaborar para inúmeras manifestações culturais da cidade. Foi ele quem assinou o projeto arquitetônico de outras obras importantes como a antiga rodoviária, na avenida Francisco Junqueira (onde hoje funciona o Corpo de Bombeiros), e a segunda construção do Mercado Central de Ribeirão Preto, o “Mercadão” — cuja primeira obra, além de ter sofrido com diversas enchentes, passou por um grande incêndio em 1942 e ficou inutilizado por 16 anos.

O local já recebeu shows de Gilberto Gil, Vinicius de Morais, João Gilberto, Novos Baianos, Cartola, Os Mutantes, entre outros. Depois de anos, o Arena caiu em desuso por conta da preferência dos artistas pelos palcos do Teatro Municipal e do Theatro Pedro II. Um dos últimos grandes eventos que o Arena recebeu foi a Virada Cultural Paulista de 2011, ano em que se apresentaram bandas como Detonautas, Pata de Elefante, RP3, Motormama, Liquidus Ambiento e Beatles 4ever. Confira o nosso registro abaixo:

Um movimento de artistas locais se formou há alguns anos para lutar pela revitalização do espaço. O Movimento Pró-Arena chamou a atenção da sociedade e do poder público e colaborou para que a reforma fosse realizada.

Curiosidades sobre o Teatro de Arena de Ribeirão Preto

  • O Teatro de Arena “Jayme Zeiger” foi a primeira obra do gênero no interior de São Paulo.
  • O local de sua construção foi escolhido por sua topografia, na encosta do morro do São Bento, fator que favoreceu também a acústica do teatro.
  • Passou por reforma em 1987 e a reabertura, no mesmo ano, contou com o show de Jorge Mautner e Nelson Jacobina.
  • O espaço abriga cerca de 2 mil pessoas sentadas.
  • São 15 lances de arquibancadas em formato de ferradura.
  • Concha acústica de cimento com acústica perfeita ao ar livre.
  • Arena com 10 m de diâmetro e palco de 19,70 m.
  • A construção foi feita pelo engenheiro alemão Jaime Zeiger.
  • O Arena foi inaugurado em 19 de junho de 1969.
  • Na época da ditadura, o espaço reunia jovens para discussões políticas.

Texto: Analídia Ferri
Fotos: Paulo Gallo

Sesc exibe 10 filmes da 37ª Mostra Internacional de Cinema

MostraDe 5 de novembro a 1º de dezembro, o Sesc Ribeirão Preto exibe 10 filmes selecionados para integrar a programação da 37ª Mostra Internacional de Cinema. Os filmes serão exibidos no Galpão de Eventos, às terças e quartas, às 20h e aos domingos, às 16h. Os ingressos variam de R$ 3 a R$ 15.

A mostra conta com retrospectivas de Stanley Kubrick, Eduardo Coutinho e Lav Diaz, e homenageia cineastas renomados e apresenta o trabalho de diretores desconhecidos do circuito cinematográfico brasileiro.

Confira os filmes que serão exibidos na edição deste ano em Ribeirão Preto:

5/11 (terça), às 20h – Jackie (2012, Holanda/EUA)

JackieAs irmãs gêmeas Sofie e Daan foram criadas por seus dois pais. Quando elas recebem um telefonema inesperado dos Estados Unidos de sua até então desconhecida mãe biológica, Jackie, elas embarcam numa jornada que modifica tudo o que acreditavam ser verdade. A viagem com a estranha e desajustada Jackie mudará a vida de Sofie e Daan para sempre. Direção: Antoinette Beumer.

6/11 (quarta), às 20h – Bwakaw (2012, Filipinas)
René é um velhinho gay mal-humorado que vive sozinho e só tem como companhia um cachorro vira-lata chamado Bwakaw. Ele saiu do armário há apenas pouco tempo e insiste em reescrever seu testamento para redistribuir seus pertences aos “amigos”. Enquanto evita ter que lidar com o caixão que comprou em promoção anos antes e que fica no seu sítio, ele é obrigado a procurar a ajuda de outras pessoas quando Bwakaw fica doente. Direção e roteiro: Jun Robles Lana. Não recomendado para menores de 14 anos.

10/11 (domingo), às 20h – Run & Jump (2013, Irlanda/Alemanha)

Run & JumpVanetia reconstroi sua vida depois que seu marido sofre um derrame que muda sua personalidade. Entra em suas vidas o pacato pesquisador americano Ted Fielding, que fica hospedado com eles durante dois meses para documentar o processo de recuperação do casal. Inicialmente, Venetia não se sente bem sendo estudada, mas logo começa a se acostumar com Ted. Uma nova família começa nessa história de amor nada convencional. Direção: Steph Green. Não recomendado para menores de 14 anos.

12/11 (terça), às 20h – La jaula de oro (2013, México)
*Prêmio especial para o elenco do filme em Cannes/2013
Juan, Sara e Samuel, três adolescentes das favelas da Guatemala, tentam viajar para os EUA em busca de uma vida melhor. Em sua jornada pelo México, eles conhecem Chauk, um índio de Chiapas que não fala espanhol. Viajando em trens de carga e caminhando sobre os trilhos dos três, eles logo terão que encarar uma dura realidade. Direção: Diego Quemada-Díez. Não recomendado para menores de 14 anos.

13/11 (quarta), às 20h – Dark Blood (2012, EUA/Reino Unido/Holanda)
Boy, um jovem viúvo de ascendência indígena, mora num deserto contaminado por testes nucleares. Nesse lugar desolado, rodeado por bonequinhos “katchina” que a população indígena acredita possuírem poderes mágicos, ele aguarda o fim do mundo. De repente, seu refúgio é invadido por Harry e Buffy, um casal tentando salvar seu relacionamento com uma segunda lua-de-mel. Quando o carro deles quebra no meio do nada, Boy oferece ajuda. Querendo partir para um mundo melhor com Buffy, ele começa a tratá-los como prisioneiros. O diretor George Sluizer rodou o filme em 1993, mas o projeto ficou inacabado após a morte do ator principal, River Phoenix, sendo concluído apenas agora. Direção e roteiro: George Sluizer. Não recomendado para menores de 12 anos.

17/11 (domingo), às 16h – A montanha Matterhorn (2013, Holanda)

Matterhorn

Fred tem 54 anos e mora sozinho. Ele anda pela cidade de ônibus, frequenta a igreja e janta vagem com carne e batatas todo dia às 6 horas em ponto. Um dia, Theo entra na vida de Fred e transforma sua rotina. Influenciado pelo estranho, Fred começa a se desprender e passa a explorar um mundo maior.=. Direção e roteiro: Diederik Ebbinge.

24/11 (domingo), às 16h – Meteora (2012, Alemanha/Grécia)
Nas planícies aquecidas da Grécia central, monastérios ortodoxos elevam-se acima de pilares de arenito, suspensos entre o céu e a terra. O jovem monge Theodoros e a freira Urania dedicaram suas vidas aos estritos rituais e costumes de sua comunidade. Um afeto que cresce entre eles coloca suas vidas monásticas em risco. Divididos entre a devoção espiritual e o desejo humano, eles devem decidir que caminho devem seguir. Direção: Spiros Stathoulopoulos. Não recomendado para menores de 14 anos.

26/11 (terça), às 20h – Marina (2013, Bélgica/Itália)
Itália, 1948. O jovem Rocco cresce na Calábria, até que um dia seu pai Salvatore decide ir para a Bélgica, onde luta para ganhar dinheiro trabalhando numa mina de carvão. Logo, ele manda buscar a família. Do dia para a noite, Rocco vira um imigrante e tem que lidar com a nova situação. Rocco quer ser como os outros jovens, quer tornar-se alguém e ter um propósito na vida. Contra a vontade de seu pai, ele encontra um escape na música e no amor. Baseado nas memórias de infância do cantor ítalo-belga Rocco Granata. Direção: Stijn Coninx. Não recomendado para menores de 16 anos.

27/11 (quarta), às 20h – Centro histórico (2012, Portugal)
Este longa-metragem coletivo celebra a cidade de Guimarães, no norte de Portugal. Que histórias tem para nos contar a cidade que viu nascer o Reino de Portugal? A resposta a esta pergunta nos é sugerida através de segmentos de quatro renomados realizadores: Manoel de Oliveira (O Conquistador Conquistado), Aki Kaurismaki (O Tasqueiro), Pedro Costa (O Lamento da Vida Jovem) e Victor Erice (Vidros Partidos). Direção e roteiro: Manoel de Oliveira, Aki Kaurismäki, Pedro Costa, Victor Erice.

01/12 (domingo), às 16h – Cães errantes (2013, Taiwan/França)
*Grande prêmio do júri em Veneza/2013
Um pai e seus dois filhos vagueiam como marginais em Taipei. Eles andam pelos rios e matas da periferia e pelas chuvosas ruas da cidade. De dia, o pai tenta ganhar algum dinheiro como outdoor humano de apartamentos de luxo, enquanto seus filhos buscam amostras grátis de comida em supermercados e shoppings. Toda noite, a família se abriga num prédio abandonado. O pai está estranhamente fascinado pelo mural que enfeita a parede da casa improvisada. No seu aniversário, a família recebe a companhia de uma mulher. Será que ela pode ser a chave para desenterrar emoções do passado? Direção: Tsai Ming Liang. Não recomendado para menores de 18 anos.

Festival de teatro apresenta 17 espetáculos gratuitos

A 4ª edição do Festival de Teatro de Ribeirão Preto acontece entre os dias 1º e 14 de novembro e irá ocupar vários teatros e espaços da cidade. O festival é realizado pelo Movimento Teatreiros RP, com apoio do ProAC e da Secretaria Municipal da Cultura.

A escolha dos espetáculos ficou por conta da comissão julgadora formada por Jefferson Zanchu, diretor de teatro, José Cetra Filho, estudioso de teatro e pela atriz Paula Klein. Dentro do festival também haverá oito espetáculos da Mostra Nacional e mais nove peças da Mostra Paralela Zero 16, que receberão prêmios de até R$ 4 mil.

Para assistir aos espetáculos basta retirar o ingresso (gratuito), com uma hora de antecedência, no local da apresentação.

Clique para ampliar

Clique para ampliar

Veja a programação completa:

  • 01/11 (sexta), às 16h, no Theatro Pedro II: Outra festa no céu (Último Tipo)
  • 02/11 (sábado), às 11h, na Praça XV de Novembro: Quereres (Cia. Teatro de Riscos)
  • 04/11 (segunda), às 9h30, no Teatro Ribeirão Em Cena: O jovem teimoso que não queria morrer (Cia. Teatral Boccaccione)
  • 04/11 (segunda), às 15h, no Theatro Pedro II: Marcelo, marmelo, martelo (Cia. Azul Celeste, São José do Rio Preto)
  • 05/11 (terça), às 18h, Praça XV de Novembro: Ninguém taí (Grupo Teatral InSônia)
  • 07/11 (quinta), às 11h, Praça XV de Novembro: Viajantes (Teatro de Caixeiros)
  • 07/11 (quinta), às 20h, no Teatro Municipal: Danton.5 (Núcleo dos 5, São Paulo)
  • 08/11 (sexta), às 15h, no Teatro Municipal: João Bobão (Cia. Cornucópia de Teatro)
  • 08/11 (sexta), às 20h, no Telhado Cultural Engasga Gato: A.B.Ismo (Cia. do Estômago Brasileira de Teatro)
  • 09/11 (sábado), às 20h, no Teatro Municipal: La Svergonata (Anita Mosca, Belo Horizonte)
  • 10/11 (domingo) às 19h, no Teatro Municipal: Dom Quixote dele mesmo (Cia. do Estômago)
  • 11/11 (segunda), às 15h, no Theatro Pedro II: Simbá, o marujo (Trupe de Truões, Uberlândia)
  • 12/11 (terça), às 15h, na Casa das Artes: Artes de Branca Flor (Cia. A DitaCuja)
  • 12/11 (terça), às 20h, no Teatro Municipal: Sobre anjos e grilos (Cia. de Solos & Bem, Porto Alegre)
  • 13/11 (quarta), às 15h, na Casa das Artes: Alexandre entre xiquexiques e mandacarus (Fabiana Martins)
  • 13/11 (quarta) às 20h, no Theatro Pedro II: Lições de motim (Anthropos Cia. de Arte, Goiânia)
  • 14/11 (quinta), às 20h, no Teatro Municipal: Cabeça de papelão (Cia. da Revista, São Paulo)

A organização do evento abriu inscrições para escolas que queiram assistir aos espetáculos da programação. Para se inscrever, é só entrar em contato pelo telefone (16) 3636-1206. A programação completa e as sinopses do festival estão disponíveis no blog do festival.